Tema Livre

TRABALHOS APROVADOS > RESUMO

Vulnerabilidade Social do Idoso: Intervenções do Assistente Social.

Bianca Camargo Leite Araujo, Vera Lucia Frazão de Sousa
INSTITUTO DANTE PAZZANESE DE CARDIOLOGIA - - SP - BRASIL

Introdução: O envelhecimento e o desenvolvimento de doenças crônicas em idosos traz em cena as relações familiares no que tange os cuidados primários. Este estudo buscou compreender o contexto social de uma idosa internada em hospital de alta complexidade e referência em cardiologia do Sistema Único de Saúde. Objetivos: Estudar uma idosa dependente através de um estudo de caso a partir de uma visão gerontológica, e articular a rede de suporte social conforme demanda apresentada. Justificativa: As intervenções realizadas estão pautadas nos Parâmetrospara Atuação de Assistentes Sociais na Política de Saúde e Política de Envelhecimento Ativo, que nos permite alinhar a atuação teórico/ prática. Metodologia: Os instrumentos utilizados foram as entrevistas estruturada e semiestruturada, observação e diálogo com a equipe multiprofissional. Trata-se de uma pesquisa exploratória com o método de estudo de caso, numa visão multidimensional, possibilitando a compreensão da realidade familiar e social.  Resultados: Foram encontrados  dependência física da idosa, vínculos familiares fragilizados e vulnerabilidade socioeconômica. Após a mediação do assistente social, observou-se o fortalecimento dos vínculos familiares, conhecimento dos direitos sociais e meios de acesso a rede de serviços das políticas de saúde e assistência social. A análise indicou que, para compreender e responder às complexas necessidades de saúde que permeiam a vida é necessário que os assistentes sociais sustentem uma escuta qualificada para as demandas singulares dos sujeitos, identificando a importância do suporte social, incentivar a participação familiar e da comunidade, realizar articulações em redes para viabilizar recursos, a fim de que o usuário tenha acesso aos direitos sociais. Considerações finais: Para que haja o enfrentamento das questões relacionadas ao envelhecimento, saúde cardiovascular e dependência é essencial o olhar do Assistente Social, profissional propositivo que tem a competência técnica para identificar demandas sociais, articulando o fortalecimento do vínculo familiar, o acesso a políticas públicas e os direitos dos pacientes, construindo a rede de serviços com criatividade na resolução de conflitos, além de contribuir para a autonomia profissional, e fortalecimento do projeto ético político do serviço social na efetivação da Política de Saúde.

Realização e Secretaria Executiva

SOCESP

Organização Científica

SD Eventos

Agência Web

Inteligência Web
SOCESP

XXXIX Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo

31 de maio a 02 de junho de 2018
Transamerica Expo Center | São Paulo - Brasil